Bookmark and Share

Paraísos Fiscais

Página actualizada a 30/8/2018

Plutocracia.com

"Taxar paraísos fiscais acabaria com pobreza extrema no mundo" - Oxfam (ONG)

Principais Paraísos Fiscais no Mundo
Nota: os paraísos fiscais com link levam ao ranking de 2015, publicado pela Tax Justice Network sobre o segredo financeiro que junta quinze indicadores de segredo, que vão desde a existência de segredo bancário à eficácia da administração fiscal, passando pela capacidade de troca de informações com outros territórios e os níveis de informação financeira a que as empresas estão obrigadas, os mecanismos antibranqueamento de capitais, etc. Veja aqui a página completa com os valores do ranking para cada país, em inglês.- fonte

| Wall Street | City de Londres | Delaware | Nevada | Hong Kong | Dubai | Vaticano | Luxemburgo | Mónaco | Suíça | Andorra | Liechtenstein | Panamá | Liechtenstein | Bahrain | Países Baixos | Singapura | Belize | Chipre | Irlanda | Antilhas Holandesas | Ilhas Cook | Maurícias |

ILHAS DE INFLUÊNCIA BRITÂNICA
| Ilha de Man | Guernsey | Jersey | Bahamas | Ilhas Virgens Britânicas | Ilhas Caimão | Bermuda | Anguilla | Antigua & Barbuda | Barbados | Dominica | Granada | S. Cristóvão e Nevis | Santa Lúcia | S. Vicente e Granadinas | Ilhas Turcas e Caicos |


Vídeos

O Paraíso do Dinheiro (Reportagem) - 27/4/2018
Reportagem francesa sobre os Panamá Papers

Rainha de Inglaterra investe milhões em paraísos fiscais - 6/11/2017
Um dos nomes mais sonantes revelados pela última fuga de informação sobre paraísos fiscais é o da Rainha de Inglaterra. De acordo com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), Isabel II investiu milhões de dólares em empresas médicas e de crédito ao consumo..

Oxfam: Bancos europeus realizam um quarto dos lucros em paraísos fiscais - 27/3/2017
Não há transparência que valha. Os grandes bancos europeus continuam a aproveitar os paraísos fiscais para encherem os cofres. De acordo com o relatório da OXFAM":https://www.oxfam.org/sites/www.oxfam... publicado esta segunda-feira, 20 grandes bancos europeus fazem um quarto dos seus lucros - 25 mil milhões de euros - nesses territórios. Entre eles estão o HSBC, o Barclays, o RBS, o BNP Paribas, o Crédit Agricole, a Société Générale, o Deu...

Os senhores da evasão fiscal (Reportagem) - 12/11/2014
Reportagem francesa sobre evasão fiscal: como conseguem as grandes empresas americanas e não só, fazer do Luxemburgo, Holanda ou Irlanda um paraíso fiscal.

Refúgios Fiscais: o Bê-a-bá - 2/5/2013
Vídeo animado sobre os fundamentos básicos da evasão fiscal

Ilha de Jersey: O paraíso... fiscal - 1/5/2013
Excerto do documentário Vamos Ganhar Dinheiro com John Christensen (Tax Justice Network) sobre o paraíso fiscal de Jersey


TAX JUSTICE NETWORK
https://www.taxjustice.net/

John Christensen é economista e ex-conselheiro económico dos Governos britânicos e de Jersey. Actualmente exerce funções de director do secretariado internacional para o Tax Justice Network.

Contacto: +44 (0) 7979 868302

John Christensen (@jechristensen56) | Twitter
https://twitter.com/jechristensen56


Entrevistas

Sonegação dos ricos é 25 vezes maior que corrupção nos países em desenvolvimento - 25/2/2014
Entrevista da Carta Maior a Jason Hickel.

Os paraísos fiscais beneficiam as elites ricas do mundo - 14/4/2013
Entrevista da Memoire des luttes a Nicholas Shaxson.


Artigos & notícias

8,6 mil milhões de euros fugiram de Portugal para paraísos fiscais em 2016 - 30/10/2017
Estatística da Autoridade Tributária revela que, no ano passado, cerca de 8,6 mil milhões de euros foram transferidos para offshores, através de 58,8 mil transferências.

A evasão fiscal, delito dos ricos à custa dos pobres - 28/10/2016
Cerca de 800 milhões de pessoas passam fome em todo o Mundo, a maioria delas nos países ditos «em desenvolvimento». Ora nesses países, todos os anos, 250 mil milhões de euros de receitas fiscais desaparecem nos paraísos fiscais, ou seja, 6 vezes a quantia anualmente necessária para vencer a fome daqui até 2025.

Apple decide não pagar taxa de imposto sobre lucros - 17/8/2016
Tim Cook, CEO da Apple, declarou que a sua empresa não vai pagar a taxa de imposto enquanto ela se mantiver num nível que considera ser injusto. Em 2014, a Apple mantinha 181,1 mil milhões de dólares fora dos Estados Unidos.

Grã-Bretanha coração e alma da evasão fiscal - 15/4/2016
São exercícios de enorme hipocrisia as afirmação dos epígonos do capitalismo, sejam eles governantes, ou simples epígonos do sistema, que é preciso acabar com os offshore. Como começa por nos dizer Dan Glazebrook o combate daquela gente aos offshore «tem a mesma credibilidade que teria Al Capone afirmar que estava à frente da luta contra o crime organizado»…

Papéis do Panamá selectivos - 7/4/2016
O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (CIJI) divulgou no domingo, 3, documentos com nomes de personalidades e empresas alegadamente envolvidas em esquemas de evasão fiscal e branqueamento de capitais.

Os paraísos fiscais contaminam o sistema financeiro global - 14/10/2015
Boa parte das atividades dos paraísos fiscais é legal. A grande corrupção é cometida pelos grupos que sequestram o Estado e geram a sua própria legalidade

O Capital à solta - 4/9/2015
A evasão fiscal por parte do grande capital tem escala gigantesca. Utiliza sofisticados processos, nos quais a engrenagem dos paraísos fiscais assume um papel central. Se um trabalhador se atrasa no pagamento de impostos é brutalmente onerado com juros de mora e penhoras. Entretanto estima-se que, só na Europa, o montante anual de imposto não cobrado devido a actividades de evasão fiscal através de paraísos fiscais chega aos 150 mil milhões

Acordos secretos entre multinacionais e Luxemburgo atingem Juncker - 6/11/2014
Investigação de um pool de jornais de vários países revela esquema que permitiu a 340 grandes multinacionais fugirem aos impostos nos países de atividade, através de engenharias complexas que passavam pelo Luxemburgo e recebiam o acordo do seu governo. Maioria destes acordos foram negociados durante o mandato do atual presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Quer fugir aos impostos? Fale com a Rainha - 9/11/2013
Índice de Secretismo Financeiro, divulgado pela Rede de Justiça Fiscal, mostra que o Reino Unido, incluindo as dependências da Coroa e os territórios de ultramar, responde por entre um terço e metade do mercado global de offshores. Portugal (Madeira) está em 69º lugar.

Vaticano ocupa 8º lugar global em lavagem de dinheiro - 23/8/2013
A pesquisa foi realizada pela rede de organizações sociais francesas Voltaire, com base em dados fornecidos por autoridades alemãs e suíças. No ano passado, o Instituto de Obras da Religião (IOR), nome oficial do Banco do Vaticano, epicentro do problema, teria lavado cerca de 33 bilhões de dólares.

Inglaterra: Império dos offshores e paraísos fiscais - 25/5/2013
Investigação da Vanity Fair diz que “o Sol nunca se deita para o império britânico de offshores e paraísos fiscais”.

Oxfam: taxar paraísos fiscais acabaria com pobreza extrema no mundo - 23/5/2013
Contas desta organização não-governamental dizem que há 14 biliões de euros escondidos, que representariam uma receita fiscal de 120 mil milhões de euros.

Jersey: Ilha do Tesouro no centro das atenções - 21/5/2013
A UE está a levar a sério a luta contra os paraísos fiscais, conforme prova a cimeira que se realiza em 22 de maio com esse objetivo. Mas a limpeza deve começar pela própria casa, onde territórios como Jersey prosperaram, tirando partido da tradicional ambiguidade política. Excertos

A vida secreta de 100 grandes empresas nos paraísos fiscais - 15/5/2013
Londres - As 100 empresas mais importantes do Reino Unido, aglutinadas em torno do famoso índice das bolsas de valores FTSE100, tem mais de 8 mil subsidiárias em paraísos fiscais. Os bancos são os usuários mais prolíficos destes circuitos da evasão fiscal global, mas ao seu lado operam também multinacionais manufatureiras, telefônicas, energéticas, de turismo, supermercados e bebidas. Segundo o informe da ONG ActionAid, as FTSE100 tem umas 311 subsidiárias no Brasil e uma forte presença em todo o mundo em desenvolvimento.

Apple, Google e Amazon encabeçam a sonegação - 5/5/2013
Enquanto em nome da “austeridade” cidadãos comuns são obrigados a pagar mais impostos e sofrem cortes nos programas sociais, múltis apelam para todo tipo de estratagema para pagar pouco ou nenhum imposto, e agora a Apple, a Google, a Amazon e a Starbucks estão na mira das denúncias sobre evasão fiscal.

A história da fuga ao fisco da Starbucks - 19/3/2013
A marca, com sede em Seattle, nos Estados Unidos, é apontada como sendo a segunda maior cadeia de café a nível mundial, logo após a McDonald’s. Desde que chegou ao Reino Unido, em 1998, a empresa já ter tido lucros na ordem dos 4,8 mil milhões de dólares americanos, gerados pelos 735 pontos de venda que possui no país. Contudo, pagou apenas 8,6 milhões em impostos.

'Super-ricos' têm US$ 21 trilhões escondidos em paraísos fiscais - 22/7/2012
A elite global super-rica somou pelo menos US$ 21 trilhões escondidos em paraísos fiscais até o final de 2010, segundo o estudo The Price of Offshore Revisited, escrito por James Henry, ex-economista-chefe da consultoria McKinsey, e encomendado pela Tax Justice Network.

Casa real holandesa envolvida em fraude fiscal - 12/6/2011
Os príncipes Máxima e Guilherme pagaram parte de uma casa construída em Moçambique através de uma conta bancária do 'off shore' da ilha de Jersey.

2.600 milhões “fugiram” de Portugal para as Ilhas Caimão em 2009 - 21/11/2010
Em 2009, 1,6% do PIB português saiu de Portugal para as Ilhas Caimão, um território britânico das Caraíbas, mundialmente conhecido como paraíso fiscal. O investimento de capitais portugueses em paraísos fiscais atingiu, em 2009, um novo recorde: 17.000 milhões de euros.


Nicholas Shaxson (Malawi, 1966 - )

Autor de um livro produzido a partir de uma investigação profunda no mundo paralelo das finanças ocultas – Treasure Islands: Uncovering the Damage of Offshore Banking and Tax Havens –, Nicholas Shaxson escreve regularmente no “Financial Times” e no “The Economist”. Na sua obra de referência, ele lança uma nova luz sobre o papel da City de Londres e da rede formada pelas ex-colónias do Império Britânico na galáxia offshore. - fonte

Nicholas Shaxson (@nickshaxson) | Twitter
https://twitter.com/nickshaxson

TREASURE ISLANDS: DIRTY MONEY, TAX HAVENS AND THE MEN WHO STOLE THE WORLD
http://treasureislands.org/

Nicholas Shaxon (livros)
https://www.amazon.com/Nicholas-Shaxson/e/B001JS1AVK



Voltar à página de início , BANCA: actividades criminosas , página Goldman Sachs, O 1%